Sobre o verter águas e os homens

Há dias assim, em que estamos tranquilas a ler um jornal, as crianças brincam pacatamente no tapete e o sol da tarde entra pela janela aberta quando alguém nos resolve interromper a calma do dia para nos confrontar com problemas existenciais que nem supúnhamos existirem, nomeadamente:

-“Eu não sei porque é que as mulheres querem que os homens urinem sentados! Um homem deve ter o direito a mijar de pé! Cada um deve poder faze-lo como quer!!!!”

Olho para o meu marido, autor de tal reivindicação atónita, incrédula, pasmada. Na verdade não sabia se percebera bem e no caso afirmativo, não sabia se aquilo fazia fosse como fosse algum sentido.

-“ Imagina, em casa de X a mulher pediu aos homens que quando fossem à casa de banho fizessem a coisa sentados! Que lata! Era o que faltava!”

-“Fazer xi-xi sentados ou baixar o tampo da sanita?” Pergunto finalmente já em defesa das mulheres que cada vez que vão a uma casa de banho comum têm que baixar o tampo da dita.

-“Sentados. Em casa ainda vai, que ela peça ao marido, mas aos convidados???”

 Assim se desafiam as nossas crenças! Não sei porquê, sempre pensei que os homens só podiam urinar de pé. Nunca vi um homem fazer xi-xi sentado, embora claro que também não possa dizer que ver homens urinar tenha sido uma coisa que eu tenha feito particularmente na minha vida. Os que vi faziam-no de pé, fosse na sanita, nas árvores à beira de uma estrada secundária, nos urinóis antigos do bairro alto, no vão de uma escada antiga (vá-se lá perceber porquê). A minha experiência cultural dizia-me que a posição vertical era a única possível para o género masculino verter as suas águas! Uma questão da evolução, uma característica do homo sapiens! Pensei que só crianças não conseguiam no início faze-lo de outra forma, dada a forma do bacio, mas que essa fosse uma opção para homens adultos era do meu completo desconhecimento! 

Ora lá está, como em muitas coisas, os homens gostam de mostrar que estão por cima sem que existam de facto razões para tal. Fiquei então a saber que os homens austríacos, assim como pelo que percebi os alemães urinam sentados. Para além do meu marido, um outsider portanto, vários confirmaram,-me que em casa fazem-no sentados. Motivo: as mães austríacas que os ensinam assim desde pequeninos que em casa é assim e acabou-se (ah gandas mulheres!). Dentro de portas nada de tampos sujos nem levantados! 

De certa forma elas têm razão, mas é tão pouco macho não é? 

 


 

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s