Dispensa oficial de calor: e nós é que não trabalhamos…

Lá de cima das piscinas na colina do Krapfenwald pode-se ver Viena inteira mergulhada numa neblina quente e pegajosa deste Verão tardio. O calor difuso torna a cidade esbranquiçada, pelo menos avistada assim de longe, talvez pelo ar quente e húmido pairar por cima das ruas planas e amplas, como se fosse uma miragem com a torre do Stephansdom a tentar fugir para uma possível estratosfera mais fresca.

Ali, na piscina mais chique de Viena (piscina pública, 4,70 Euros a entrada), sentem-se igualmente os 34ºc. Pinheiros centenários trazem sombra e frescura, mas não estamos sós. Três da tarde de terça-feira  e é difícil encontrar um sítio para por a toalha. Faz-se fila para as casas de banho e para o pequeno bar instalado numa casinha centenária.  Como é que é possível estar tão cheio?

Para alem da larga tropa de mães de licença de maternidade 8 da qual eu faço parte), há quem esteja de férias e há ainda aqueles, como a minha amiga romena que tive hoje “dispensa  oficial de calor” do seu serviço. É a primeira vez que ouço tal coisa na minha vida. A minha amiga também, mas está muito contente por tal existir na Áustria. Basicamente, da mesma forma que há dispensas nos países nórdicos quando os termómetros caem abaixo dos 30ºC negativos, aqui há a possibilidade de as empresas fecharem porque está calor!

Eu sei que a  teoria de que as pessoas do sul não fazem nada e têm tempo livre demais  foi proferida pela Merkel, que é alemã e não austríaca, mas talvez devesse olhar para o país vizinho antes de falar dos preguiçosos do Sul. Como disse a minha amiga romena, as pessoas lá na terra dela trabalham com 40ºc o Verão inteiro, ganham uma miséria e não lhes pagam horas extraordinárias e no final agradecem terem um emprego. Em Portugal idem aspas. Na Áustria, queixam-se o tempo todo e têm mais feriados que nós, dispensas quando faz calor, quando querem ir fazer uma cura de 1 mês por terem torcido um dedo do pé, para além de que o horário de trabalho às 6ªas feiras termina as 3 horas da tarde, senão antes…

Mas sim, a culpa da crise é desses mediterrânicos preguiçosos…vão trabalhar malandros! Por aqui vai-se continuando a ir a piscina!

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s